20 outubro 2009

CONCURSO EM UIBAÍ


A prefeitura de Uibaí abriu concurso para preencher alguns cargos. O concurso tem inscrições abertas até o dia 06 de novembro de 2009. São cargos para limpeza, serviços gerais, pedreiros, professores e médicos entre outros. A instituição responsável pelo processo de seleção é um tal instituto "Êxito, cursos e concursos", com sede em Irecê, aliás, a sede, pelo que consta é um escritório de advocacia.

Mas o curioso é comparar as remunerações para os respectivos cargos. Uibaí, o município destaque em educação, oferece salário de 465 reais para os professores e 4.000 reais para médicos. O salário pago para os médicos que se candidatarem às vagas oferecidas é uma desgraça. Médicos cuidam de vidas e podem muito bem colocá-las em risco , a depender das condições de trabalho. Assim, os médicos mereciam pelo menos a dignidade mínima  do piso pago nas capitais. Ocorre que professores também cuidam de vidas e são capazes de destruir cabeças de crianças inocentes de modo irreversível. Mas o que ganham os professores, cujo concurso exige curso superior? O mesmo que os seriços gerais, cargo com exigência de escolaridade básica. A responsabilidade dos professores é igual ou maior que a dos médicos, lidam com a vida em situações delicadas, mas merecem dos "salvadores e reconstrutores de Uibaí" a miséria, a desonra, a merda de salário, a humilhação chamada salário mínimo. Humilhante para qualquer ser humano, para qualquer trabalhador, seja dos serviços gerais ou não, escolarizado ou não; veja lá para quem tem a responsabilidade que  o professor leva nas costas.

Uibaí se destaca na educação, mas isso jamais foi mérito do poder, até porque educação nunca foi prioridade nem no passado nem agora. Uibaí é forte em educação porque seu povo é duro, com sangue no olho. Porque  seu povo luta com livros e conhecimento com o afinco com que labuta na roça. Sisudo, concentrado, determinado. Por isso colhe diplomas e títulos como colhe milho e feijão a cada fim de safra. Quem acredita que vão salvar e reconstruir a  Canabrava pagando 465 reais aos professores? Se a atual administração  fosse tradicional, conservadora e nunca tivesse feito discurso de "salvação e reconstrução" de Uibaí, cumpriria pelo menos a Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, que estabeleceu o piso salarial unificado de 950 reais para professor. É lei, é obrigatório desde janeiro de 2009. Há braços!

COMENTÁRIO ESPECIAL
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009, 11:29 


Prezado Alan,
 
Gostei do texto e me lembrei automaticamente de um pronunciamento do LULA, quando ele confessou que sofreu  um choque, no exato momento em que deixou de ser pedra para ser vidraça. Concordo contigo e agora que estou acompanhando mais de perto uma administração,  me vejo abismado com as dificuldades, com as aves de rapina que tentam sugar de todas as formas. Fiquei muito triste com alguns companheiros que eu imaginava como pessoas sérias e que na primeira oportunidade sugeriram manobras, no mínimo indecorosas. Como é dificil administrar uma sociedade carente de quase tudo e acostumada a receber esmolas de tudo que é tipo. Não gostaria de ser prefeito, pois com esse tipo de campanha, mesmo antes da posse, existem os agiotas de plantão que já transitam nos gabinetes. São fatos, obstáculos de todos os tipos, um preço alto para continuar sério. Gostaria de lançar, um dia, a candidatura do companheiro Edimário, porém acho que seria um grande sacríficio para ele. É um posto que só se deseja para um inimigo, tamanho o sufoco se o cara quiser continuar firme, com honestidade. Para um meliante, no entanto, é um prato cheio, são todas as facilidades posíveis. Coisas de uma democracia viciada, herança de uma república manca, que nasceu das entranhas de um golpe de estado, uma república que nasceu sem público.
 
Grande abraço, sou seu fã.
Enoch Carneiro. 

******
Caro Enoch, 
Em primeiro lugar gostaria de agradecer pela atenção e por dedicar um pequeno hiato do seu precioso tempo a comentar o conteúdo deste caderno.
Você tem toda razão, as demandas de uma administração exigem bastante clareza do que deve ser priorizado. Caso contrário, até pessoas de boa intenção se perdem no jogo baixo estabelecido pelas hienas de plantão. Administrar um município cheio de vícios, como o nosso, é coisa para leão. Só leão consegue viver entre hienas sem deixar de ser leão ou se sucumbir nos vícios baixos dos bandos. Quem se sucumbiu possivelmente apenas se despiu de um disfarce. Não gostaria de ver nenhum amigo ser jogado num covil de hienas sem antes ser avisado ou fortalecido. Nem em  desenho animado hienas e leões podem reinar juntos. Os interesses são incompatíveis. Amigos não merecem presentes de grego.  Há braços! alan


9 comentários:

Celito disse...

belissima fotografia e otexto idem!!!!!

Celito disse...

como profeesor naturalmente me sinto angustiado com o q se tem feito com a gente e dói quando a porrada vem de um governo q apesar de ter consciencia q não seria nenhuma "salvação", ajudei a eleger, essperando algo pelo menos, menos pior q os anteriores, em mutosa pontos não está sendo, mas não é hora de lamentar, temos q usar nossa cidadania para continuar a luta e acrditar numa uibaí com ou sem pt-pedro rocha, por outro, lado é ingenuidade pensar q médicos fariam concurso ganhando menos q proposto e até tenho minhas duvidas se aparecerá pra fazer pois eles ganham bem mais nos tais PLANTÕES em varias cidades q hoje tem os prefeitos reféns de um CARTEL ou algo do genero desses profissionais q veem o dinheiro primeiro q qualquer outra coisa... a lógica do capitalismo é perversa e os médicos estão sabendo usar com competencia essa logica muitas vezes bem mais q a competencia na profissão, não é a toa q a todo momento se ouve falar em erros absurdos,negligencias e cia... quero tambem fazer uma correção no texto do BOCA, a merreca bostenta de 950 reais é para 40 horas, um golpe sujo q sakana do governo LULA e seu funesto grupo enfiou no rabo da gente q infelizmente não gritou nem esperneou, nossa classe vive de lamentar, mas lutar que é bom,nada, a maioria adora lula e o pt. A MERRECA oferecida pelo pt-pedro rocha foi para 20 horas, há alguns prefeitos que estão oferecendo 500 a 550 reais e se vangloriando, pois estariam pagando acima da proporcionalidade... pode???? no geral o concurso foi um GOLPE nos trabalhadores e o pior, um golpe naqueles q acreditaram numa uibaí mais progressista, no entanto, não devemos nos envergonhar( os q votaram 13), nem só lamentar, a luta continua, está claro q só uma luta construída coletivamente pode desaguar em algo melhor, acreditar em "salvadores do time de lula"... ´ta dificil ne´???

GTV BOCA DO INFERNO disse...

Caro professor, Celito, agradecemos o comentário. Sua opinião é sempre valiosa. Não propusemos diminuir salário de médicos, pelo contrário, dissemos que é uma miséria 4000 pela responsabilidade que o profissional enfrenta e isso o fizemos com a intenção de mostrar que o professor, com responsabilidade igual ou maior que a dos médicos não poderia receber o que o poder destina à categoria. Se 4000 reais é pouco para um médico, imagine 465 para um professor? É um desrespeito inominável. Quanto ao valor de 950 ser para 40 horas, perfeito, mas mesmo assim a prefeitura estaria irregular, pois 465, por 20h, não corresponde à metade de 950, por 40h. Há braços!

Celito disse...

mais uma correção, 465 reais tá sendo oferecido p galera do magisterio, para os de licenciatura é 555 o q não muda muita coisa, como disse, lula e cia deram o primeiro golpe lá em cima , a cambada dos prefeitos aproveitado a deixa nos golpeia na base e, como nossa classe é uma merda em termos de luta, penso q a qusetão salarial continurá nesse tom por muito tempo e por muito tempo tmbem teremos uma pessíma escola pública...

GTV BOCA DO INFERNO disse...

Perfeito, Celito, o edital se refere ao nível I, com 465 e ao nível II, com 555. Mesmo assim, o massacre da educação continua. É a mesma coisa que trocar bosta por fezes! Há braços!

Celito disse...

ah sim o comentário q fiz dizendo , BELISSIMA FOTOGRAFIA E O TEXT IDEM foi para foto de ada,e realão ao concurso, a foto tmbem é bela, já o texto é apenas polemico, porém importante para a discussaõ, por exemplo, DISCORDO dessa historia de POVO DURO quando s trata kestão da EDUCAÇÃO EM UIBAÍ ele me soa meio piegas demais, pois se aprfundarmos um poquinho veremos q apesar de ter havido casos extraordinarios de ascensão( não só economica) pela via escola-academia e ainda haver( a historia de marcelo de ciça q tá na paraíba é realmente uma historia estonteante, quase inacreditavel), de modo geral nosa tera não difere muito do q é a tonica do restante do país, na escola em q trabalho por exemplo, houve um "OLIMPIADA DE ATEMATICA" promovida pelo governo federal e o resultado foi desastroso e seria desastroso se fosse em qualquer materia, a falta de base, o desinteresse e outros fatores fazem com que tenhamos mais motivos pra entristecermos do q se vangloriarmos...resumindo, fora casos excepcionais, como o de marcelo de ciça , o de camila do olho dagua e mais alguns outros, o q temos aqui e uma elite e parte da classe média q procura se manter como tal e tem no estudo a via chave para isso, há tmbem outras familias das classes mais baixas q aproveitando uma serie de vantagens atuais como cota, faculdade em irecê, casas de estudantes em jacobina , feira e tal, felizmente tem entrado nas universidades, mas no grosso, aqui é um lugar onde se ler pouco, se estuda muito pouco, onnde se luta pouco, aqui s e reproduz tristemente ao pé da letra todos as baboseiras de qualquer outro lugar... marcelo, camila , nilva de dode, flavio ribeiro são gratas porém exceçoes, quem quiser comprovar venha no BAIRRO VICENTE VELOSO ou no colegio manoel levi ou valtenci q pelo nomes já se tira o q acontece lá dentro...

GTV BOCA DO INFERNO disse...

Ora, professor Celito, o texto é claro: a força que Uibaí mostra em número de universitários etc não é devido à educação oferecida pelo município,mais do que qualquer um você que é professor nos colégios locais sabe disso.Se não é devido as escolas locais, é devido a quê? Penso que você está completamente enganado ao qualificar de elite a maioria que chega à universidade. Houve um período que chegou tanto estudante de Uibaí pedindo moradia na Ufba que a Pró-Reitoria desconfiou e enviou uma comissão ao município para compreender como que tanta gente pobre de um mesmo lugar chega à universidade. Você pode estar magoado e pessimista, mas sua própria história é a história da maioria que tem alcançado o ensino superior. Outra coisa, o fato de Uibaí colher muitos diplomas, e a metáfora rural utilizada não é piegas, não implica que os diplomados saibam lá grande coisa ou dominem o conhecimento da área. Mais um engano seu: o texto não está vangloriando ninguém, pelo contrário, mais lamenta e questiona. Outra coisa, o texto não foi escrito para concurso de beleza não. Foi para polemizar mesmo... Para bater na cara da turma que vende baleia e entrega piaba e na dos que a seguem em rebanho. Há braços!

Anônimo disse...

A situação é realmente lamentável,lugar que tem um nivel de pessoas tão abaixo da "elite" como foi mencionado pelo caro Celito, ainda depende de pessoas que pensam que podem mudar o mundo e não fazem bem, nem o papel que se é destinado,onde vemos professores que se acham superiores a todos e mal consequem escrever um texto simples sem errar, demonstrando o real motivo da situação que nossa cidade se encontra,eu prefiro acreditar que somos um povo com uma inteligencia bem superior aos que chamam pessoas de "inferiores" pessoas essas que dependem da internet para ter uma educação digna,sem mais para o momento finalizo.

Anônimo disse...

Sou professor por opção, separo um tempo para esta atividade pelo fato de me identificar profundamente com o significado da profissão. Sou claro quando digo para todos que não sou, só professor, pelo fato de não pagarem para mim o mínimo para minha dignidade. Lamento que não valorizem tal labor, que é conhecimento e arte na construção de valores fundamentais à sociedade; sei que não avançaremos enquanto país, sem forte releitura do modelo educacional, sem atrair as melhores cabeças para as salas de aula. Os bons que estão na educação possuem outros motivos para aí está, não o salário, que como dito várias vezes, chega a ser aviltante, desrespeitoso, uma chacota. Estou vendo piora no horizonte com a ampliação dos EAD, que na maioria das vezes são porcarias disfarçadas de cursos superiores, diplomando pessoas sem a menor espertize, sem qualquer preparo teórico ou prático para o exercício de qualquer profissão; é a mercantilização ridícula, é a maquiagem mais mal feita que já vi, na tentativa de se obter dados para uma estatística tenebrosa. Vou repetir: As melhores cabeças não são e nem serão professores, pelo salário não; portanto, os nossos alunos serão, como são, "muquiados", adultos perdidos, sem segurança e sem esperança; não servirão "nem para urdir, nem para tapar", não saberão "cavar, nem tirar a terra". A maior e mais fácil revolução educacional passa pela multiplicação dos salários por dez, logo veremos, nos próximos concursos, pessoas diferenciadas sendo professores. Salário é tudo? Claro que não. Mas é peça pré-requisito para o restante.
Os alunos que representam exceções sempre existirão e são eles que sustentam a faixa de "Uibaí, município de gente inteligente". Estes alunos são a prova de que de escolas medíocres sai excelências, assim como de escolas excelentes, sai profissionais medíocres.

Evandro Peteca, em 18/02/12